MLN Recomenda - Hyouka

2
    "Eu não faço nada que eu não tenha que fazer. O que eu tenho que fazer, eu faço o mais rápido possível." Esse é o lema de Oreki Houtarou, um garoto que está iniciando sua vida no colegial. Com um estilo de vida calmo e pacífico, Houtarou tenta não sair de sua zona de conforto, ficando de boa na maior parte do tempo. Porém, ao entrar no Clube de Clássicos de Literatura da escola, a vida de Houtarou passa a ganhar um pouco mais de cor — e de mistério!

    Aliado a Satoshi, Mayaka e Chitanda, Oreki entrará em uma jornada por entre páginas empoeiradas, mistérios estranhos da vida escolar e relações humanas que ele nunca pensou que faria parte. No My Light Novel Recomenda desse mês, eu lhe convido a apreciar uma história de adolescentes colegiais tentando encontrar respostas. Eu garanto que você não vai conseguir parar de pensar nisso!



    Hyouka é a primeira light novel de uma uma série de light novels de slice of life e mistério — a série do Clube de Literatura Clássica (古典部, Koten-bu) —, escrita por Honobu Yonezawa. O primeiro volume foi publicado em 2001, intitulada "Hyouka: You can't escape". Atualmente, a série Koten-bu contém 6 volumes, publicados entre 2002 e 2016.

    A série Koten-Bu ganhou uma adaptação em mangá no ano de 2012. Os primeiros 12 volumes adaptam os 4 primeiros volumes da série, assim como o anime. E, falando em anime, a série foi adaptada pelo estúdio Kyoto Animation em 2012, adaptando os mesmos 4 volumes iniciais em um total de 22 episódios. Até hoje, o anime de Hyouka é estonteante e segue sendo uma ótima recomendação. 

    A trama de Koten-Bu é bastante simples: Oreki está no primeiro ano do ensino médio e continua a viver ao seu modo entediante e pacífico. Porém, Houtarou recebe uma carta de sua irmã, pedindo para que ele entre no Clube de Literatura Clássica de sua escola e o impeça de ser extinto, visto que ela também participou do clube quando estava no colegial e guarda memórias muito preciosas de lá. Houtarou nota que o grupo está sem membros e, olha só, seria uma grande oportunidade de ele conseguir descansar longe de todo mundo em uma sala vazia dentro da escola. 

    Seria um ótimo plano se o clube não recebesse a inscrição de outros três membros: Satoshi, o amigo mais próximo de Houtarou; Mayaka, a assistente de biblioteca e amiga de infância mais responsável e durona das redondezas; e Chitanda, a garota recém-chegada que tem energia demais e não consegue parar de pensar sobre um mistério quando se depara com ele: nesse caso, o mistério de ela ter sido trancada na sala do Clube. Chitanda é a primeira futura-membro do Clube de Literatura Clássica que Houtarou encontra e é por meio dela que ele começa a se mover um pouco mais. Logo depois disso, Satoshi entra no grupo, curioso pela movimentação de Oreki; e Mayaka também entra na roda quando descobre que Houtarou estava resolvendo mistérios. E está aí o nosso quarteto do Clube de Clássicos.

    Porém, o Clube precisa manter suas atividades. Ele não pode somente existir lá, esquecido como um espaço que jovens usariam na escola para jogar conversa fora. Movido pelos mistérios recém-descobertos, o grupo de adolescentes começa a trabalhar nos projetos do clube e criar vínculos entre si. A vida de Houtarou se torna mais colorida e ativa, ainda que devagar; Satoshi aprende a lidar melhor com si mesmo, evoluindo para além de uma mera "database"; Mayaka passa por desafios que colocam em prova sua autoconfiança; e Chitanda se envolve nesse emaranhando de mistérios escolares e sentimentos recém-descobertos. 




Por que ler Hyouka (e a série Koten-Bu)?


    Hyouka não é uma história de mistérios complicados. Não temos assassinatos sanguinolentos, assassinos em série, raptos de pessoas e nada do tipo. Os mistérios de Hyouka tratam do dia-a-dia dos personagens e, na maioria dos casos, são bem escritos, mostrando que bons mistérios não precisam de construções grandiosas. Uma pergunta aparentemente boba, como "Como eu fiquei presa nessa sala de aula?" pode levar a situações inteligentes dentro das possibilidades daquele universo. Como Hyouka é basicamente escolar, os mistérios de lá contém diversos aspectos desse ambiente. 
 
    Além disso, haja visto que grande parte da série é narrada pelo ponto de vista do Houtarou, o leitor passa a vivenciar o mundo pela perspectiva dele. Você presencia suas mudanças rápidas de humor, sua irritabilidade fácil, sua falta de paciência e sua linha de raciocínio quando se depara com um mistério interessante. Hyouka é uma ótima pedida se você está procurando algo em primeira pessoa para ler e não quer nada estressante ou complicado demais. No final das contas, Hyouka é um slice of life. É uma história de vida cotidiana focada em um grupo de amigos. Se é disso que você gosta, vai em frente.

    Mas a coisa mais legal da Koten-Bu Series é o desenvolvimento das relações entre os personagens. O grupo do Clube de Clássicos tem membros totalmente diferentes um do outro e cada um ocupa uma função, ainda que essas funções mudem dependendo da situação. A interação entre os quatro é orgânica e muito boa de acompanhar.




O que se pode aprender com Hyouka (e a série Koten-Bu)?


    A Koten-Bu Series não exige do leitor uma grande dedicação. O autor domina bem seus personagens e sabe bem quando mudar o foco da narração, além de trabalhar bem o ponto de vista de cada um de acordo com as personalidades distintas. Além disso, por se tratar de uma coletânea de histórias, a Koten-Bu Series não é difícil de ler ou acompanhar. Cada volume contém algumas histórias curtas do Clube de Clássicos que envolvem um mistério-chave e, por meio dele, acompanhamos o desenvolvimento das relações entre os personagens.

   Hyouka é uma boa pedida para aprender a criar relações orgânicas entre personagens. Todo o grupo funciona junto e cada um tem seus motivos para agir como age. Além disso, como já citei antes, os mistérios são legais e fornecem uma base para entender o mistério fora da caixa de crimes violentos e entendê-lo como uma ferramenta de desenvolvimento de personagens. Se tá a fim de aprender a lidar com a escrita de relações humanas em um colegial, Hyouka pode te ajudar. Em Hyouka, o verdadeiro mistério são os sentimentos dos personagens uns pelos outros.


Para quem recomendo a série Koten-Bu?


    Para todo mundo que estiver procurando uma história tranquila. A Koten-Bu Series é isso: uma coletânea de histórias gostostinhas de acompanhar porque tem personagens interessantes, dinâmicas pessoais muito boas e mistérios curiosos para fechar o combo. Se você estiver procurando um slice of life bom para passar o tempo, pode ir sem medo e sem compromisso. Leia a primeira história do primeiro volume e veja se é para você. Se você for fisgado pelo charme do Clube de Clássicos, dê uma chance a essa história. Eu te garanto que, como a Chitanda, você não vai conseguir parar de pensar em Hyouka por um bom tempo.





E ficamos por aqui por hoje! Comentários estão abertos para dúvidas, sugestões, observações e outros. Vocês também são sempre bem-vindos em nosso servidor do discord!

E se gostam do que o MLN oferece, considerem se tornar um apoiador em nosso Apoia-se! De pouco em pouco, vamos trabalhando para melhorar ainda mais o blog!

Talvez você goste destas postagens

2 comentários

  1. Sei que não tem nada a ver com o post, mas tenho uma pergunta pode enviar uma novel em formato de antologia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Envie os primeiros capítulos/contos da antologia em um único arquivo e explique, na seção de comentário do formulário, que é uma antologia e mais detalhes sobre a temática, se possível.

      Excluir