Tecnologia do Blogger.

Nosso Twitter!

Comentários Recentes

Parceiros



Seguidores

Total de visualizações

terça-feira, 1 de junho de 2021

Quebrando a quarta parede

    O termo “quarta parede” tem origem no teatro, remetendo à ideia de que três paredes delimitam o palco, enquanto uma quarta parede invisível separa o púbico dos atores. Generalizada para outras formas artísticas, a quarta parede se tornou sinônimo do limite que separa o mundo da história do mundo do espectador. No caso da escrita, a quarta parede é o limite narrativo que separa o que está dentro da história do que está fora dela — cada um do seu lado, a narrativa não sabe que o leitor existe e o leitor não é percebido pela narrativa.

    Entretanto, essa não é uma parede muito sólida. Muitos autores vivem rompendo a quarta parede e falando com seus leitores, mas desconhecem o que fazer e o que não fazer ao desfazer esse acordo. Se ainda não sabe ou quer refrescar sua memória, basta Ler Mais!





Através da primeira pessoa


Quando uma narrativa acontece em primeira pessoa, o escritor já planeja a narração como se estivesse falando com o leitor. Assim, nesse caso, falar com o leitor se torna mais natural, visto que o autor já estava fazendo isso. Porém, um ponto peculiar da narrativa em primeira pessoa ao quebrar a quarta parede é ser capaz de desenvolver a voz do narrador

    Principalmente na narrativa em primeira pessoa, o narrador pode ser confiável, não-confiável, ter uma ideologia fixa ou adorar gatinhos. Seja como for, quebrar a quarta parede na primeira pessoa te permite mostrar ainda mais a personalidade do seu narrador. Todavia, há um grande problema aqui: quebrar a quarta parede tira o leitor da história. O leitor deixa de estar imerso no mundo da narrativa para se lembrar de que, bem, ele está no mundo real e está lendo um livro específico.

A quebra de quarta parede também tem outros efeitos colaterais. Ao falar com o leitor, a narrativa fica de va    gar. O ritmo diminui, já que o mundo da história fica pausado enquanto o narrador se direciona ao leitor. Nesse meio tempo, que pode ser de uma linha ou um parágrafo, a história não anda para lugar algum. Então, fique atento com isso.


Através da terceira pessoa


    Já na terceira pessoa, o narrador não é intrinsecamente um personagem. Na primeira pessoa, os personagens podem narrar a história — o que não acontece aqui. Deste modo, a narração em terceira pessoa chama a atenção do leitor para a própria narração

    Quebrar a quarta parede em uma narração em terceira pessoa também diminui o ritmo da narrativa, mas há algo mais perigoso: pode parecer um erro do escritor. Ao se perder no narrador em terceira pessoa, o autor pode achar que será incrível quebrar a parede e se comunicar com leitor, mas pode ser recepcionado com um bom “Como é?” de quem estiver lendo. Uma cena mal construída é tudo o que você precisa para que sua ideia genial de quebrar a quarta parede se torne mais próximo de um erro do que de um acerto.


Por que (não) quebrar a quarta parede?


1. Você chama a atenção do leitor, mas ele se lembra que está lendo.

2. Você dá ênfase em algum evento ou fato, mas pode reduzir a tensão do momento.

3. Você pode revelar informações que os personagens não sabem, mas isso pode parecer tão jogado que ninguém vai prestar atenção.

4. Você pode criar uma relação íntima entre narrador-leitor, mas também pode deixar o leitor sem saber o que pensar a respeito.

5. Você pode fazer o leitor se apegar mais a um personagem, mas a situação utilizada pode soar muito sem graça ou esquisita.

6. Você pode aconselhar o leitor, mas pode soar estúpido para algumas pessoas.

7. Você pode aproximar o leitor do personagem, mas o jeito de fazer isso pode acabar com uma cena que mais parece um erro do que um acerto.

8. Algumas pessoas odeiam esse recurso. 



Ficou com alguma dúvida, quer comentar alguma coisa ou simplesmente reforçar o quanto histórias ficam mais legais quantos menos coincidências houver? Para isso, pode usar nosso campo de comentários — sempre lembrando de ser respeitoso e legal com os outros colegas. E isso é tudo, pessoal!


3 comentários:

  1. se esse recurso for bem usado ele pode dar um UP na sua história como o jogo Doki Doki literature club que quebra essa quarta parede no final do jogo mas infelizmente esse é o único exemplo que eu sei

    ResponderExcluir
  2. Tem o link do discord por favor?

    ResponderExcluir

Nosso Facebook!

Postagens Populares