Tecnologia do Blogger.

Receba nossas novels por e-mail!

Nosso Twitter!

Comentários Recentes

Parceiros



Seguidores

Total de visualizações

segunda-feira, 13 de março de 2017

Kaii - Capítulo 5



Olá, pessoal!


Estão tendo uma boa segunda-feira? Querem melhorar ela ainda mais?


Isso mesmo, temos um novo capítulo de Kaii!

O último capítulo foi bem intenso, para quem esperava que as coisas melhorassem para nosso protagonista, a vida dele acaba de ser jogada em uma situação ainda mais complicada!

Sem mais delongas:

domingo, 5 de março de 2017

Descrições: Alguns tipos e subtipos


E aí, como vão esses olhos carmesins? Tudo tranquilo na pacata cidade? Esse é mais um post sobre descrições - sabe, aquelas coisas recheadas de palavras que constituem uma sentença clara e direta sobre algo, talvez filosofando, talvez não, talvez sim, talvez não.
Hoje vamos falar sobre alguns dos os tipos de descrições e como elas podem te ajudar a me ajudar a te ajudar, afinal, a lógica pós-moderna existencialista não é pra qualquer humano, ainda mais para dois irmãos que buscam restaurar seus corpos através da Alquimia.
Pronto para conhecer mais sobre o fascinante universo das descrições? Então, bora lá.

Todas essas informações foram tiradas do meu cérebro. Não há comprovação científica - ainda.
E qual o problema com essas descrições?!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Kaii - Capítulo 4



Boa noite, senhoras e cenouras!

Venho trazer mais um capítulo de Kaii para vocês. E aí, o que estão achando da série?

Perguntinha rápida: Liss ou Hikari? Se você quer deixar a Tany aqui feliz, mostre que lê as postagens e comente qual heroína mais agradou você até o momento!

Mas agora, vamos para o capítulo, que é o que vocês vieram aqui para ler!

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O Romance, a Arché e a Última Crônica


Admito que nunca fui fã de História Antiga, quanto mais da Filosofia desse período. Porém, cerca de uma semana atrás, por força do curso destino, comecei a estudar mais sobre o pensamento crítico dos gregos. Então, notei que não há diferença alguma da maneira como pensamos a escrita e a maneira como eles pensavam a realidade.
Por isso, aqui vai um conselho: pare de escrever sua novel e se concentre em sua arché.

Tudo tem um motivo.

Nosso Facebook!

Postagens Populares