Tecnologia do Blogger.

Nosso Twitter!

Comentários Recentes

Parceiros



Seguidores

Total de visualizações

terça-feira, 17 de novembro de 2020

My Light Novel Recomenda: I sold my life for ten thousand yen per year.

 Qual o valor da sua vida? O que você faria se alguém oferecesse dinheiro por todos os anos que você iria viver daqui para frente? E, mais importante...

o quanto você acha que sua vida valeria?

Hoje, no My Light Novel Recomenda, vamos falar de I sold my life for ten thousand yen per year.

I sold my life for ten thousand yen per year. no original Jumyou wo Kaitotte Moratta. Ichinen ni Tsuki, Ichimanen de. ou, traduzindo para o português Eu vendi a minha vida por dez mil ienes por ano. È a adaptação para mangá do popular romance Mikkakan no Koufuku, ou Três dias de felicidade, escrito por Sugaru Miaki e publicado em 2013.

O mangá foi serializado na Jump+, no Japão, entre 8 de agosto de 2016 e 10 de outubro de 2017, totalizando três volumes encadernados. O mangá foi publicado oficialmente no Brasil pela editora JBC. Não recebemos nada por essa recomendação. Nota a gente, JBC!

A trama conta a história de Kusunoki, um jovem que vive os seus dias apaticamente, certa vez ouve boatos sobre uma loja misteriosa na qual poderia vender seu tempo de vida restante em troca de dinheiro. Com problemas financeiros, ele decide por se desfazer de boa parte de seu futuro por, como o título indica, dez mil ienes mensais, recebendo o valor todo na mesma hora. Nos poucos três meses que lhe sobraram, é obrigado a passar na companhia de Miyagi, uma "monitora" encarregada de vigiá-lo.

A história começa nos contando que há um valor para a sua vida, dependendo do que você poderia fazer com ela. Ênfase nesse poderia. Alguém com muito potencial pode acabar valendo bem pouco. O protagonista é alguém que, ao receber essa pergunta de quanto valeria sua vida pela primeira vez quando pequeno, acredita que certamente valerá muito mais que as pessoas ao seu redor. Porém, quando cresce e não consegue se tornar aquilo que sonhou, ele desiste de seus trinta anos restantes.

Já na companhia de Miyagi, ele decide correr atrás das poucas relações que criou em sua vida, um esforço infrutífero. Depositando todas as suas esperanças em uma promessa que fez com uma amiga de infância, ele recebe uma das piores notícias que teria em vida. E o maior culpado por tudo é ele mesmo. Por não ter cultivado relacionamentos sinceros, por não ter se aberto com as pessoas dispostas a se relacionar com ele, por não ter ido atrás da pessoa que precisava sua ajuda. Ele ficou sozinho, exceto por Miyagi.

A "monitora" e sua relação com Kusunogi durante esses três meses é todo o centro do mangá. Ela é enviada para vigiá-lo durante esse tempo e, devido a seu trabalho, ninguém mais pode vê-la além do protagonista. Motivo pelo qual várias pessoas o encaram de forma estranha quando ele parece estar interagindo com o nada.

Capa da edição brasileira

Após suas grandes rejeições, Kusunogi tenta encontrar algum motivo para passar o resto do tempo da sua vida, sempre acompanhado por Miyagi, e é quando o mangá toma um rumo diferente do que sua temática inicial possa dar a entender. Afinal, essa não é a história do quanto vale uma vida. Mas sim a história de um rapaz que vendeu sua vida e recebeu 10 mil ienes por cada ano dela em retorno. Para os curiosos, segundo a cotação atual de novembro de 2020, isso equivale a R$:517,91. 

O charme do mangá, a meu ver, é a forma como Kusunogi muda sua perspectiva quanto ao próprio valor e objetivo de sua vida. Não se trata de uma história depressiva, mas sim de um drama sobre pessoas, suas escolhas, relacionamentos e quais as consequências que elas apresentam. Especialmente com a opção - que às vezes nem é uma opção - de poder vender sua própria vida.

Assim, fica a minha recomendação para os que querem um drama curto e com uma premissa diferente. Para adquirir o mangá em português, clique neste link para poder assinar todos os três volumes sem custo de frete pelo site da JBC.

4 comentários:

  1. me desculpe está usando esse post para tirar essa duvida e que eu não encontrei a aba certa para tirar duvidas, pois sou novo no blog, a duvida e a seguinte: se eventualmente uma novel e aprovada e publicada o autor recebe algum royalties?, mais uma vez peço desculpas por estar usando esse espaço dessa maneira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, italo.
      Todos os direitos da obra são reservados para o autor, mas o MLN é um projeto sem fins lucrativos, o autor não receberá nenhum retorno financeiro por ter sua obra publicada aqui.

      Excluir
    2. entendo, existe algum contrato de fidelidade, tipo se eu publicar aqui eu posso, publicar em outro lugar tbm ou tem que ser exclusividade?

      Excluir
    3. A versão que receber revisão, edição e qualquer outra ajuda da equipe do MLN será publicada somente no MLN e suas plataformas.

      Excluir

Nosso Facebook!

Postagens Populares

Receba nossas novels por e-mail!