Tecnologia do Blogger.

Receba nossas novels por e-mail!

Nosso Twitter!

Comentários Recentes

Parceiros



Seguidores

Total de visualizações

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Dicas Rápidas da Tany #5



E nos quarenta e cinco do segundo tempo, eis que surge aqui Tany Isuzu com o Dicas Rápidas super atrasado deste mês!

Ignore o fuso horário, caso já será julho na sua região, pegue o caderno, lápis e borracha que o tema de hoje é nada mais, nada menos que Concordância!

Mas, Tany, agora eu finalmente aprendi a usar a vírgula do vocativo, Concordância não merece uma postagem própria em vez de ir para o Dicas Nada Rápidas?

Então, caro autor ferona, de fato, se eu fosse explicar todos os pormenores sobre Concordância Verbal e Nominal, precisaria de no mínimo 3 posts com o dobro do tamanho médio do Dicas Nada Rápidas.

Portanto, a postagem deste mês é apenas uma revisão sobre as concordâncias. Se você e o revisor tem vários problemas com relação a isso, dê uma lida e faça anotações!

Aproveitando, não deixe de rever os Dicas Rápidas anteriores! Especialmente vocês que querem sua novel publicada por aqui, cada erro que encontramos explicado nos Dicas Rápidas é menos um ponto a seu favor!

Sem mais delongas, clique no Leia Mais e vamos lá!

Segundo o dicionário, concordância é o ato ou efeito de concordar, um acordo entre coisas ou pessoas. Na gramática do português brasileiro, a concordância é quando dois vocábulos tem flexões que estão de acordo e não se contradizem. Ela pode ser separada em duas categorias: verbal ou nominal.



A Concordância Verbal ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o sujeito. Vamos ver alguns exemplos errados:

O número de jogadores que inicia aqui é o mesmo que nas demais cidades iniciais.
Emoção eram os mesmos que nada para aquela pessoa.

Vamos analisá-los agora. Nem vou perguntar o que há de errado com os dois exemplos, está até grifado para você entender. No primeiro exemplo, temos um verbo que deveria estar no plural, mas se encontra no singular, agora, no segundo exemplo, temos um verbo que está no plural, mas deveria ir para o singular. Bem simples, não acham? Corrijam eles. Qualquer dúvida, os comentários estão aí.

Quando o sujeito for composto, a concordância será sempre no plural. A concordância do pronome deve ser feita tomando em conta a primeira ou segunda pessoa do sujeito composto. Exemplinhos:

Eu e você precisamos conversar.
As duas senhoritas e o rapaz tomaram chá juntos.

Agora, vamos falar das exceções que considero as mais complicadas, porque o brasileirês não é pra amadores.

Quando o sujeito da oração é formado por expressões partitivas. O que são expressões partitivas? Parte de, metade de, maioria, minoria, etc. Nesses casos, o verbo pode ser conjugado tanto no singular quanto no plural. Coletivos também se enquadram aqui. Exemplinho:

A maioria dos revisores concordou/concordaram com o tema da postagem.



Agora vai a dica de interpretação! Se você concordar com o singular, vai dar a entender que se refere a o grupo como um todo, porém, se utilizar o plural, dará a entender que se refere mais aos indivíduos do que o grupo como um todo. Anotem essa com caneta vermelha!


Observação importante! Quando a expressão "mais de um" for associada a verbos que exprimem reciprocidade, é obrigatório o uso do plural! Exemplinho:

Mais de um ferona se divertiram nas discussões acaloradas nos comentários.

Quando o sujeito é um pronome interrogativo ou indefinido plural, seguido por "de nós" ou "de vós", o verbo pode concordar com o primeiro pronome ou com o pronome pessoal. O que são pronomes interrogativos ou indefinidos plural? Quais, quantos, alguns, poucos, muitos, quaisquer, vários, etc. Exemplinhos:

Quais de nós estão/está capacitado para a tarefa?
Alguns de vós sabiam/sabíes do caso?

Dica de interpretação! Repare bem que optar por uma das formas indica tanto a inclusão ou exclusão do emissor. Repare nos exemplinhos:

Alguns de nós sabíamos de tudo e nada fizemos.
Alguns de nós sabiam de tudo e nada fizeram.

Viram a diferença de sentido que cria? Atentem-se a isso!

Quando o interrogativo ou indefinitivo estiver no singular, o verbo ficará no singular. Exemplinho:

Qual de nós é capacitado para tal operação?


A Concordância Nominal se baseia na relação entre um nome e as palavras que a ele se ligam para caracterizá-lo.

Na maioria dos casos, você precisará concordar um adjetivo com o nome. O adjetivo sempre concordará em número e gênero com o nome. E grau também, você pensou, não é mesmo? Bom, aqui vai a verdade chocante para você, coleguinha, não existe concordância em grau. Mas isso é algo para um cursando de Letras explicar melhor. Veja o exemplinho cliché:

Os dedos doíam de tanto digitar.

Quando o adjetivo se referir a mais de um nome na oração, sua concordância pode variar. Exemplinhos:

Encontramos deitado o corpo da vítima e a arma do crime.
Encontramos deitados o corpo da vítima e a arma do crime.
Encontramos deitada a arma do crime e o corpo da vítima.
Encontramos deitadas as armas do crime e o corpo da vítima.

Repare que a concordância de gênero sempre se dá com o substantivo mais próximo do adjetivo. Na dúvida de qual a concordância certa, pergunte-se qual o nome que o adjetivo/pronome/etc precisa concordar.
O que estava deitado(a)? O corpo da vítima? Então a concordância é no masculino!

Agora vamos falar dos casos especiais! Porque a vida, meus caros, não é tão fácil quanto parece.

Expressões formadas por um verbo mais um adjetivo - é proibido, é bom, é necessário, é permitido, é preciso - ficam invariáveis se o substantivo que as prosseguir não for definido por um artigo. Exemplinhos:

É proibido entrada de pessoal não autorizado.
É preciso atenção para com os capítulos na hora da revisão.

Agora, coloque um artigo antes dos nomes. A concordância irá mudar, faça o exercício.

Lembrando a todos que advérbios são invariáveis! Então quando uma palavra for empregada como advérbio, ela não se alterará.

Mas, Tany, como eu vou saber quando é adjetivo e quando é advérbio?

É fácil. O adjetivo indica uma qualidade, seja positiva ou negativa, do nome. O advérbio, por sua vez, posiciona o nome, seja em um lugar, tempo, modo, etc.
Vou pegar a palavra "meio" como exemplo, decida quando ela é adjetivo e quando é advérbio nos exemplinhos abaixo:

Consegui pagar apenas meia entrada graças a minha carteirinha de estudante.
O autor novato estava meio nervoso.

Coloquem o tico e teco pra pensar. E retomando: qualquer dúvida, deixe nos comentários!

Por fim, uns alertinhas básicos:
  • Meia hora e meio dia. Não o inverso.
  • Quando uma garota for agradecer, ela diz "Obrigada" a menos que seja proposital ela usar o termo como um rapaz.
  • Menos não varia! Nada de menas! Seje menas e não use menas!
Considerações finais: qual o maior motivo para os erros de concordância? A falta de atenção! Eu compreendo que nem sempre estamos atentos e volta e meia esquecemos daquele "-m" que vai indicar que é plural ou não, mas tomem cuidado! Especialmente vocês, autores feronas inciantes! Mas não pensem que essa postagem não servem para os autores que já passaram nossa avaliação preliminar.

Afinal, pense bem, como seria a língua sem a concordância? Falaríamos todos que nem a Chaika, chegando a ponto de não nos compreendermos em momentos cruciais.

Se seu revisor arranca os cabelos com seus problemas de concordância verbal, dê uma relida nessa postagem e tente reler seu capítulo em voz altas, acredite, a falta de concordância fica muito mais clara assim.

E para terminar, só pelo tema deste mês ter sido Mahouka, tenham pesadelos com esse vídeo se errarem a concordância.

Tem algum tema que gostaria que eu trabalhasse no próximo Dicas Rápidas? Crase merece uma postagem completa ou um resumo no Dicas Rápidas do mês que vem, que acredito sairá mais rápido que este... ?

Respondam nos comentários!


25 comentários:

  1. Olá, queria saber se vocês podem postar uma lista com alguns "mundos" em que uma história pode se passar.
    Muito obrigada desde já :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo-kun.
      Você está se referindo a ambientação de uma história? Se for o caso, podemos adicionar aos posts futuros~

      Excluir
  2. muito bom, como sempre.
    Isso me faz pensar que é melhor ficar quietinho do que fazer os pobres dos revisores derramarem suas lagrimas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que isso meu chapa? até fiquei bad aqui

      Excluir
  3. Massa Tany! Há algum tempo venho namorando este blog e por esses dias tenho lido suas postagens, suas dicas e instruções. Provável que essa semana eu mande minha primeira light pra vcs me retornarem algum erro e um bom feedback uahauhauh Mas enfim fico muito feliz em ter encontrado esse espaço aqui pra publicação de novels originais.

    ~Shun

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Essas dicas são incriveis!
    Depois de ler todas elas fiquei com muita dó de vocês por lerem a minha novel para avaliar kkkkkk, espero melhorar o suficiente pra poder publicar aqui.

    ResponderExcluir
  6. como eu faço para entra em contato com algum editor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, ferona. O que você quer?
      Quer enviar sua light novel para nós? Vá nessa página: http://www.mylightnovel.com.br/p/contato_29.html
      Quer falar com algum membro da staff (não pode ser relacionado a enviar o projeto, para isso, use o link acima)? Vá nessa página: http://www.mylightnovel.com.br/p/contato_9.html

      Excluir
    2. se foce possível sera que você poderia me dizer quantas linha no máximo deve ter um paragrafo de light novel. tipo eu irei fala como e o local ou cenário.

      Excluir
    3. Olá, ferona.
      Acho que, antes de tudo, é melhor você voltar às aulas de português, pois não compreendi o final do seu comentário.
      Sobre a pergunta, não há limite, apenas tenha bom senso. Nada de vários parágrafos de duas palavras ou parágrafos gigantescos que ocupem páginas inteiras.

      Excluir
    4. o que eu queria dizer é tipo assim. na cidade onde eu mora tem ruas lindas (que não e o caso) com belos prédios e muita movimentação. não se vai da para entende agora ou se piorou, mas é isso, ou seja, descreve o local da historia como vai ser numa luta etc... ai eu queria sabe se tem um limite de linhas no paragrafo para isso. e desculpa por escreve errado e ter lhe complicado na hora de responde minha pergunta. e obrigado por me responder.

      Excluir
    5. Não há limite de linhas para isso.

      Excluir
  7. Tany queria saber se você poderia ser minha editora caso eu mande minha Light novel para o Site/Blog de vocês.
    Por que eu estou pedindo isso. É simples, lendo as SEÇÃO DE DICAS eu me identifiquei bastante com você (só pra deixar claro isso não é amor) e caso eu queira dar uma de preguiçoso acho que você não vai ter o menor medo de me dar uns puxões de orelha.

    Sobre a Light Novel que eu estou escrevendo já tem um capitulo pronto e estou terminando o segundo (claro sobre a História não da pra saber ser é tão interessante, mas estou dando meu melhor nela) um pequeno problema é as ilustrações não consigo fazer então estou procurando alguém pra fazer por mim.
    Então é isso. O que eu tinha pra dizer ou pedir era isso.
    OBS: mais acima eu disse minha editora (particularmente pra mim essa frase não foi legal e eu passei um bom tempo batendo cabeça sobre isso).
    Outra coisa o único Site/Blog que eu quero manda minha Light Novel e o de vocês “My Light Novel” e desculpe o incomodo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode dizer na caixa "mensagem" no formulário de envio que deseja que eu seja sua revisora, apenas tenha em mente que a escolha de revisor/editor depende de alguns fatores como a disponibilidade do mesmo. Ficarei no aguardo de sua light novel, ferona~

      Excluir
  8. Tany, eu li o poste de Sinopses ai eu queria sua opinião sobre a sinopse da minha história. Caso possa me dizer se está ao menos aceitável ou ruim a sinopse da minha história.
    Sinopses: No ano 805 ouve uma guerra entre três reinos, durante a guerra dois desses reinos formaram uma aliança resultando na derrota e destruição de um reino “Pieta” 500 anos se passaram e Pieta assim como 500 anos atrás estava se reestabelecendo até que um dia Pieta foi atacada por uns guerreiros misteriosos. Então um jovem chamado “James” ajudara a combate esses guerreiros misteriosos com a ajuda de uma menina chamada “Ellena” que apareceu em seu caminho.
    OBS: caso esteja ruim e nem um pouco interessante não se importe em dizer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua sinopse, fora cliché, não conta nada realmente chamativo para sua história. Você pode muito bem resumir toda a introdução, que está bastante repetitiva, e adicionar mais algum detalhe que diferencie sua história.
      Qual a necessidade das aspas na sinopse? E não vou começar a falar dos erros de português.
      Última dica: pegue nosso bingo dos clichés e marque todos os clichés que sua sinopse apresenta, se ela mostrar mais de 4 quadrinhos, é bom alterar alguma coisa. (Postagem de clichés: http://www.mylightnovel.com.br/2016/09/cliches-vamos-jogar-um-jogo.html )

      Excluir
    2. Tany, mais uma vez obrigado e sobre a postagem de clichês eu dei uma olhada e minha história realmente estava com um pouco de clichês então vou da uma boa editada nela. então dessa vez vou me esforça bem mais. Obrigado. só pra deixa claro eu não vou desiste de escreve uma Light Novel e um dia ela sera publicada no blog My Light Novel.

      Excluir
    3. Aguardamos pelo recebimento de sua light novel~

      Excluir
  9. Hey Tany, você já escreveu alguma história? Adoraria ler algo seu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lucas.
      Não, eu não tenho nenhuma história publicada, quem sabe em um futuro distante~

      Excluir
    2. ola´,tany
      a minha light novel para poder enviar a voces, e queria muito saber se poderia colocar uma '' palavra do autor '' no arquivo da novel quando for enviar, que caso seja aprovada eu poderia ter uma interação maior com os leitores da novel.
      pois é algo que ( as vezes ) sinto falta.( mesmo não sendo obrigatório um contato com os fãs seria muito bom nos indentificar-mos com nossos autores favoritos, mesmo que seja apenas por um parágrafo. )

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. Olá, Dhominy.
      Não recomendamos que faça isso, especialmente considerando que comentários pessoais do autor podem ser adicionados à postagem feita pelo editor do projeto, mas não é impossível.

      Excluir

Nosso Facebook!

Postagens Populares