Tecnologia do Blogger.

Nosso Twitter!

Comentários Recentes

Parceiros



Seguidores

Total de visualizações

domingo, 10 de janeiro de 2016

Como usar travessões da forma certa!



Olá, pessoal!

Aqui é a Tany Isuzu e hoje não vim trazer um novo capítulo de A Borboleta na Tormenta, infelizmente escrevo para falar algo que muitos autores tem dificuldade, mesmo não devendo: travessões.

O que são os travessões?

É um traço maior que o hífen e costuma ser empregado:
  • Para separar expressões ou frases explicativas, intercalada.
               Ex: Pensou em enviar sua light novel para a Tany — um amorzinho de revisora — ou o Shin.

  • No discurso direto, para indicar a fala do personagem ou a mudança de interlocutor nos diálogos.


Por que esse último tópico está em negrito? Porque ele é o mais importante! Principalmente porque, agora, apenas aceitaremos light novels que usem travessões para as falas!

Mas como assim? Que tirania é essa?

Ora, ora, não é nenhuma tirania. Você está escrevendo em português, meu caro autor-kun. Portanto você deve usar os travessões.

Mas todas as traduções que eu li usavam aspas!

Ah, eu estava esperando você dizer isso! Bom, querido autor-kun, que tal você ir em uma livraria, pegar um livro em português e conferir se tem travessões ou aspas? Até as light novels lançadas oficialmente aqui no Burajiru usam travessões.
Traduções que usam aspas estão erradas, apenas aceite.


Mas eu prefiro usar outra coisa pras falas---


Não, simplesmente não. É travessões e pronto. Não pode usar aspas, apóstrofos, sinal de maior ou menor, arroba, asteriscos, nem nenhuma porcaria que você tenha em mente. O mundo é cruel e injusto, mas funciona dessa forma. Use travessões.

M-Mas eu não sei usar travessões direito T__T

Este post está aqui para ajudá-lo!
Agora que terminamos a introdução (sim, isso tudo foi só a introdução), vamos ir para o que importa: 

Como pontuar as falas com travessões?

Exatamente, existem regras para pontuação dos travessões, vamos ver um pequeno diálogo como exemplo:

               — Eu posso fazer um post sobre o uso de travessões? — perguntou ela.
               — Parece uma ótima ideia! — concordou Sagami Riku.
               — Sem objeções — disse Shin Mabuchi.
               — Claro. — Hikaru Konran respondeu.

Vocês podem ver que na primeira fala a palavra "perguntou" está começando com a letra minúscula. Ué, mas isso não tá errado, Tany? Não.

Por quê?

"Perguntou", assim como "concordou" e "disse", é um verbo dicendi. Um verbo usado para descrever a fala, este verbo vem com a letra pequena, unindo a narração ao que foi dito.
Assim sendo, todo verbo que vier após o travessão e descrever uma fala deverá começar com a letra minúscula.

Mas o word diz que isso está errad---

O word que está errado. Continuando...

Repararam na terceira fala do diálogo? Não há ponto final antes do travessão. Quando o verbo que seguir o travessão descrever a fala, você não adiciona ponto final à fala. Mas e quanto aos pontos de interrogação e exclamação? Você deixa esses dois pontos e o dicendi ainda começará com letra minúscula.

E se eu quiser usar "ela perguntou" em vez de "perguntou ela"?

Ótima pergunta! Nesse caso, a fala ficaria:

               — Eu posso fazer um post sobre o uso de travessões? — Ela perguntou.

Por que ficou assim? Porque o pronome "ela" não está descrevendo a fala, então não pode vir em minúscula.
Voltando para o pequeno diálogo de exemplo, repare na última fala. Notou que há um ponto final antes do travessão? Isso mesmo, quando o que vier após o travessão forem nomes, é obrigatório colocar um ponto final no término da fala.
Não é errado usar nenhuma dessas formas, mas dê prioridade para o dicendi antes do pronome ou nome.

Fácil, né?

Prosseguindo!

E se eu quiser colocar uma interrupção e depois continuar a fala? Vamos a um exemplo!

               — A postagem está quase pronta — afirmou ela  —, mas temo que ficará um pouco longa.

Um pouco longa? Ela está imensa!

Ignorando esse comentário, reparou que há uma vírgula após o segundo travessão? Sim, como isso é possível, Tany? Bem simples.
Quando você for adicionar a narração no meio da frase, lembre-se: a vírgula pertence a fala, então precisa estar nela. Porém, entretanto, todavia, existe uma regra para isso: a vírgula nunca pode estar antes de um travessão.

E se eu quiser adicionar a narração entre duas frases diferentes?

Mais simples ainda! Segue o exemplo:

              — A postagem está quase pronta — afirmou ela.  — Temo que ficará um pouco longa.

É só tratar como uma fala normal.

Resolvido? Já estão mestres dos travessões?

Acho que entendi, Tany. Mas não sei como coloco o travessão no meu word. HALP.

Ok, caro autor. Vamos lá, você vai procurar o menu INSERIR, lá, você vai procurar por "SÍMBOLO" e vai clicar nele. Deve aparecer uma caixa mostrando quais símbolos você pode inserir, entre eles vai estar o travessão, junto com as teclas de atalho para ele.
Se isso for muito trabalho para você, pode digitar "travessões wikipédia" e dar um CTRL C + CTRL V.
Também há o atalho: hífen do teclado número (ou sinal de menos) + CTRL + ALT.

Antes de terminarmos, aqui vai algumas dicas:

  1. Cuidado para não usar hifens ou meia-riscas como travessões! Os três são diferentes e tem usos próprios!
  2. Sempre separe o travessão da próxima palavra com um espaço. Não deixe o travessão grudar na palavra!
  3. Evite começar falas no meio do parágrafo, busque sempre começar diálogos no parágrafo seguinte.

Agora sim terminamos!
Se tiverem qualquer dúvida sobre travessões, comentem! Se quiserem um post para sanar dúvida sobre qualquer outra regra gramatical, comentem! 

Até a próxima!

Esse é o tratamento com quem não usa travessões.

40 comentários:

  1. Obrigado pelo esclarecimento sobre o uso do travessão. Muito tempo fora da escola, nós nos esquecemos das regrinhas de grámatica. Continuem com o ótimo trabalho que todos tem feito.
    Tchau.

    ResponderExcluir
  2. O tratamento para quem não usa travessões é um pouco extremista demais não? :S

    ResponderExcluir
  3. — Tany-sensei, foi realmente muito útil e explicativo — afirmou o leitor —, muito obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até hoje usava isso "-" tristeza não certo esse "—"

      Excluir
    2. Eu usava o hifen pois o word costumava converter automaticamente, mas depois de muito ler as versões em inglês, acabei usando as aspas na hora de traduzir.

      Excluir
  4. Obrigado pelo aviso! Terei que ajeitar tantas falas no meu projeto antes de enviá-lo a vocês... whoa! ._.

    ResponderExcluir
  5. Olá! eu havia feito vários cap, enfim obrigado pelo aviso mandei o projeto sem ler aqui! obrigado!

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelo post. Algumas coisas estavam obscuras para mim, mas agora está claro como um dia ensolarado! Ah, sim, uma outra dica que você pode incluir para digitar travessão no Word: - (hífen do teclado numérico) + CTRL + ALT (esquerdo).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela dica~
      Já foi adicionada a postagem.

      Excluir
  7. Olá, tirei essa dúvida com o meu professor e ele basicamente disse que o travessão no meio de uma frase não pode ser usado para dar continuidade, ele disse que ele tem a função semelhante a do parenteses, como por exemplo. Pelé — o rei do futebol — fez seu gol de número 1000.
    note que se tirar a parte entre os travessões, não muda a compreensão da frase. Foi mais ou menos isso que ele me disse, ele está errado?
    o que eu entendi é que não pode haver Sujeito — Verbo — Sujeito, pois o verbo da a continuidade a frase.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só pra adicionar, eu não tenho quaisquer conhecimentos de regras do português, eu não sei se o que ele disse vale apenas para travessões que não estejam em diálogos. Como no seu primeiro exemplo "Pensou em enviar sua light novel para a Tany — um amorzinho de revisora — ou o Shin."

      Excluir
    2. Olá, Yago. Seu professor não está errado, mas, como você mesmo disse, a explicação dele vale apenas para travessões fora de diálogos.
      No caso, o conteúdo separado pelos travessões teria o valor de um aposto, ou seja, uma explicação, que não faz parte da frase, porém serve para algum dos elementos da frase.

      Excluir
  8. Melhor explicação que encontrei até hoje! Thanks

    ResponderExcluir
  9. Bem eu tenho 15 anos e ainda não terminei a escola, e não sou muito bom em português mas vou lê algumas Novel e ver melhor como é que funciona isso de travessão, e outras coisas sobre o português.

    ResponderExcluir
  10. estou no notebook e n tem tec numerico, como escrevo o travesão sem ter que dar ctrl+v?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, hide.
      Configure seu word para descobrir ou alterar a tecla de atalho para usar o travessão.
      Em "Inserir", vá em "Símbolos", clique em "Mais símbolos", deve abrir uma janela, nela, vá na aba "Caracteres especiais", procure o travessão e veja qual a tecla de atalho para alterá-la.
      Espero ter ajudado, ferona!

      Excluir
  11. Obrigado. Foi muito instrutivo. Mas é difícil não odiar o português com tantas regras. Por um mundo unificado em ENG!

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. É um programa do computador para fazer textos e tal, o famoso "trabalho da escola". Ou se preferir, de nome completo, microsoft office word.

      Excluir
  13. Ok, irei usar travessões mas tem certeza de que aspas não são permitidas? pois estudei bastante as light novels e muitas delas usam aspas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Hyuneru.
      Você provavelmente estudou light novels traduzidas (em inglês, muito provavelmente, pois em japonês é outro símbolo para demarcar as falas), mas para escrever um livro, light novel ou não, em português, você deve usar os travessões.

      Excluir
  14. Muuuito útil, estou criando uma Light novel e
    Sou totalmente novato.
    Estou pesquisando sobre tal coisa a um tempo, sobre narrativa, uso de onomatopeias, tipos de narrativas e até como começar uma novel.
    Achei esse blogue muito interessante.
    Também vim um post sobre a rejeição de uma novel.
    Muito interessante me deu uma luz.
    Gostaria de aprender muito mais aqui.
    Desde já agradeço ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha lhe sido útil, Allan :)

      Excluir
  15. Tem problema colocar falas em inglês em momentos específicos como um encantamento ou coisa do tipo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, desde que não fiquem fora de contexto.

      Excluir
  16. Gabriel Gonçalves2 de dezembro de 2017 11:07

    Antes eu só escrevia do jeito que sentia, não pensava nestes detalhes,eu até cheguei a mandar o primeiro capitulo que provavelmente não foi lido.
    Mas agora que eu comecei a ler estas dicas estou reformulando completamente toda a minha história e jeito de escrever, então, obrigado.

    ResponderExcluir
  17. Como são mostrados pensamentos? Narração ou pode ser em falas feitas entre áspas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os pensamentos diretos - aquilo que a personagem pensa sem ser interpretado pela narrativa - deve ser separada por itálico ou aspas. Quando o pensamento é interpretado pela narrativa, isso não se faz necessário, vou ilustrar:
      "Nossa, como está quente hoje" pensou ela. -> Pensamento direto, sem o intermédio da narrativa, a voz da personagem nos é passada.
      Ela pensou em como o dia estava quente. -> Pensamento com o intermédio da narrativa.
      Pessoalmente, recomendamos que use itálico em vez de aspas para os pensamentos.

      Excluir
    2. Muito obrigado! Me ajudou muito.
      Estou escrevendo um capitulo de uma novel. Quando acabar irei tentar publicar aqui. Espero que gostem!!!

      Excluir
  18. Se eu estiver descrevendo um dialogo e após isso voltar com a narração, (no mesmo parágrafo).Como posso fazer para não ficar estranho:
    "Ela avista suas amigas e corre chamando por elas. -NaoSei-chan, TbmNaoSei-chan. - elas se encontram em frente ao potão e começam a conversar".

    Está certo???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não está.
      Travessões, diferentes de aspas, não começam no meio do parágrafo, sempre no começo. Você tem várias formas de adaptar essa frase:
      - NãoSei-chan, TbmNãoSei-chan. - Ela avista suas amigas e corre, chamando por elas. As três se encontram em frente ao portão e começam a conversar.

      Ou

      Ela avista suas amigas e corre, chamando por elas:
      - NãoSei-chan, TbmNãoSei-chan.
      Elas se encontram em frente ao portão e começam a conversar.

      Pessoalmente, não recomendo a última opção, pois, se a narrativa já indica algo antes da fala, ter uma fala proclamando a mesma coisa é desnecessário.

      Excluir
  19. Estou escrevendo uma cena onde introduzo uma personagem. Já citei ela antes, mas ninguém sabe nada sobre ela ainda.
    Na cena que escrevo ela começa a pensar sobre como conheceu suas amigas. Aí posso colocar dois pontos no final do paragrafo e iniciar o pensamento dela. ex.:

    Ela começou a pensar sobre como conheceu suas amigas:
    "Eu estava, sentada pensando no que fazer sobre tudo, até ver as duas e então, decidi que devia ser amiga dela".

    Posso escrever assim???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, pode. Todavia, recomendo que não fique abusando de pensamentos diretos, como você começou a memória com a narrativa, não seria viável continuar nela com a narrativa?
      Recomendo que, para futuras dúvidas, entre em contato conosco via mensagem privada pelas redes sociais, poderemos auxiliá-lo melhor.

      Excluir
  20. ainda bem que sempre usei travessões, estou querendo fazer uma novel de 4k de palavras, vai ser minha primeira, então provavelmente vai ficar bem ruim kk

    ResponderExcluir
  21. Como eu fasso para indicar que um personagem está pensando com sigo mesmo?

    Ex: Se eu disser a verdade, ele nunca vai me perdoar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Indique tal coisa na narrativa, usando seu exemplo:
      "Se eu disser a verdade, ele nunca vai me perdoar" pensei com meus botões.
      Pensei comigo mesmo: se eu disser a verdade, ele nunca vai me perdoar.
      Você também pode apenas deixar o texto em itálico para indicar pensamentos diretos.

      Excluir
  22. Eu sempre vou ter de descrever a fala, como "ele disse" ou "ela perguntou", ou depois de um tempo eu posso para de usar isso? Se eu puder fazer isso, como que essa regra se aplica a pensamentos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é necessário o uso constante de dicendis, até recomendamos que, quando ambos os sujeitos das falas estejam claros, não os usem. Para pensamentos, você tem várias formas de evitar o uso constante da narrativa indicando "fulano pensou", pode deixar seus pensamentos em itálico. Então, quando eles aparecerem futuramente, o leitor compreenderá que são pensamentos.

      Excluir

Nosso Facebook!

Postagens Populares

Receba nossas novels por e-mail!